Especial Profiling no Regime de Prevenção de Branqueamento de Capitais e Financiamento ao Terrorismo

Conheça todos os detalhes do profiling em matéria de branqueamento de capitais

Livros Digitais
Lurdes Dias Alves
Junho 2019
978-989-8699-57-2
Wolters Kluwer
Livro Digital
4,00 €

Produto disponível só em formato eletrónico. Beneficie de todas as vantagens de o consultar na biblioteca digital smarteca

Nos últimos anos tem-se assistido a um crescimento exponencial do volume de dados pessoais gerados por sistemas de informação, sobretudo em redes sociais, usando aparelhos móveis (entre outros) ligados em rede que geram dados e os distribuem a uma velocidade não antes imaginável.

No entanto, apesar destas vantagens, nem sempre a nova ordem digital é acompanhada de medidas protetoras adequadas no plano jurídico, que evitem ou não permitam a proliferação de violações e limitações de direitos, sobretudo de direitos fundamentais e direitos humanos.

Por todas estas razões, o legislador europeu sentiu necessidade de reforçar os direitos dos titulares dos dados pessoais, no sentido de uma harmonização e de um nível mais elevado de proteção no espaço europeu, tendo em atenção a possibilidade e velocidade da circulação dos dados pessoais entre os Estados-Membros.

O Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) prevê um direito de não sujeição, por parte do titular dos dados pessoais, a decisões que sejam exclusivamente baseadas no tratamento automatizado de dados e na definição de perfis (profiling), o certo é que o tratamento automatizado de dados e o profiling são, atualmente:

  • Reputados como formas legítimas de processamento de dados em setores como o setor financeiro e o sistema judicial;
  • Depois, torna-se impensável e seria impraticável que o processamento de dados utilizasse unicamente métodos manuais de processamento de dados quando se trata um grande volume de dados;
  • E, por fim, o direito de não sujeição, por si só, não se aplica quando o tratamento de dados pessoais é necessário para a celebração ou execução de contrato entre o titular dos dados e o respetivo responsável pelo tratamento.

Especial Profiling no Regime de Prevenção de Branqueamento de Capitais e Financiamento ao Terrorismo responde a todas essas questões e inclui um anexo legislativo com os diplomas e regulamentos europeus e nacionais mais importantes. Além disso, contém links ativos a partir dos quais pode consultar, com um só clique, os textos normativos citados neste trabalho

 

I. Nota introdutória

II. O problema

III. A jus fundamentação do Direito à Proteção de Dados Pessoais

IV. O Fenómeno do Branqueamento de Capitais e do Financiamento ao Terrorismo

V. Regime de Prevenção e Combate ao Branqueamento de Capitais e ao Financiamento do Terrorismo

VI. Profiling no regime de Prevenção do Branqueamento de Capitais e do Financiamento ao Terrorismo

VII. Considerações finais

VIII. Bibliografia

 

Anexo legislativo

  • Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de abril de 2016, relativo à proteção das pessoas singulares no que diz respeito ao tratamento de dados pessoais e à livre circulação desses dados e que revoga a Diretiva 95/46/CE (Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados)
  • Regulamento n.º 314/2018, de 25 de maio, Regulamento dos deveres gerais e específicos de prevenção e combate ao branqueamento de capitais e ao financiamento do terrorismo
  • Lei n.º 83/2017, de 18 de agosto, estabelece medidas de combate ao branqueamento de capitais e ao financiamento do terrorismo, transpõe parcialmente as Diretivas 2015/849/UE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 20 de maio de 2015, e 2016/2258/UE, do Conselho, de 6 de dezembro de 2016, altera o Código Penal e o Código da Propriedade Industrial e revoga a Lei n.º 25/2008, de 5 de junho, e o Decreto-Lei n.º 125/2008, de 21 de julho
  • Lei n.º 89/2017 de 21 de agosto, aprova o Regime Jurídico do Registo Central do Beneficiário Efetivo, transpõe o capítulo III da Diretiva (UE) 2015/849, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 20 de maio de 2015, e procede à alteração de Códigos e outros diplomas legais

Lurdes Dias Alves

Em destaque

Sebastião Nóbrega Pizarro
Maio 2019
Livros Digitais
Wolters Kluwer
24,00 €
Redação Wolters Kluwer
Códigos Atualizados
Wolters Kluwer
11,68 €
Produtos Online
Wolters Kluwer
210,03 €
Jarbas Eduardo Pereira Martins
Outubro 2019
Livros Digitais
Wolters Kluwer
24,00 €
Redação Wolters Kluwer
Revistas
Wolters Kluwer
42,40 €
Logo Wolters Kluwer

USO DE COOKIES

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços e mostrar publicidade relacionada com as suas preferências através da análise dos seus hábitos de navegação. Se quiser continuar a navegar, consideramos que aceita a sua utilização. Saiba mais